No próximo fim de semana não há jogos. Vem apoiar o teu Clube! Contamos contigo!!!Myspace Scrolling Text Creator

quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

Entrevista a Pedro Azevedo, atleta da equipa sénior da ADS


Nome: Pedro Filipe Da Silva Azevedo

Data nascimento:  15-09-1981

Clube(s) por onde passaste?

Ovarense, Clube dos Galitos, Vitoria de Guimarães, Sampaense, Illiabum Clube e AD Sanjoanense.

Há quantos anos estás ligado à modalidade?

27 Anos.

Quais são os objectivos da tua equipa para esta temporada?

Vencer todos os jogos.

Qual é o teu clube de formação?

Associação Desportiva Ovarense

O que te faz mais feliz dentro do campo?

A vitória no final

O Treinador(a) que mais te marcou? E por alguma razão especial?

Todos me marcaram, mesmo os piores contribuíram com algo.

Um jogo inesquecível? E o Pior momento?

A vitória na taça de Portugal com o Vitória de Guimarães  e o falecimento de um colega de equipa.

Qual o teu ídolo no Basquetebol?

Michael Jordan e Nuno Marçal. 

O Teu objectivo/sonho enquanto jogador(a)?

Passar o gosto da modalidade ao meu filho

Relata uma situação caricata que tenha acontecido em campo.

Ter de abafar um colega de equipa para ele não marcar dois pontos no nosso cesto.

Qual o pavilhão em que mais gostas/gostaste de jogar?

O velhinho Raimundo Rodrigues em Ovar

Quais as tuas maiores qualidades enquanto pessoa e jogador(a)? E defeitos?

Maior Qualidade é ser amigo dos meus amigos e defeito talvez ser frontal demais!


Um agradecimento ao Pedro pela sua disponibilidade para nos responder a estas questões. Para ele, os votos sinceros duma excelente época desportiva.


X CLINIC INTERNACIONAL DE TREINADORES AB PORTO 2014


Séniores Masculinos: Sorteio dos 16avos da Taça de Portugal


A Sanjoanense irá defrontar, no próximo dia 30 de Novembro, o Lusitânia nos 16 avos de final da Taça de Portugal. O sorteio, realizado há poucos minutos, reeditou o encontro entre a formação sanjoanense e uma equipa do arquipélago dos Açores, o ano passado fora o Terceira Basket. A ADS voltará a jogar em casa, tal como na ronda anterior, quando afastaram a Académica de Coimbra.
Quadro de jogos dos 16 avos de final da Taça de Portugal:
  • Ovarense Dolce Vita – CAB Madeira SAD
  • Salesianos OSJ – AEIS Técnico
  • Eléctrico FC – BC Barcelos
  • CD Póvoa – Casino Ginásio
  • Galitos Barreiro Tley – UD Oliveirense
  • Illiabum Clube – Vasco da Gama
  • Atlético-MNExpresso – Esgueira/OLI
  • CF Belenenses – Algés/UAL
  • C. Galitos – Academia 1.º de Junho
  • Vitória Guimarães – Guifões SC
  • Terceira Basket Clube – Sangalhos DC
  • A.D. Sanjoanense – SC Lusitânia
  • Maia Basket – SL Benfica
  • Académico FC – Dragon Force
Isentos desta fase ficaram o Sampaense Basket e o FC Barreirense.

1ª Concentração das Seleções Distritais da AB Aveiro


Realiza-se no próximo fim de semana (Domingo - dia 2) a 1ª concentração das Seleções Distritais da AB Aveiro na época 2014/2015. Os treinos desdobrar-se-ão entre o pavilhão do GRIB, em Paços de Brandão e o pavilhão do Galitos, em Aveiro.
Abaixo os horários dos treinos:

Clubes do Norte - Pavilhão do GRI Brandoense

09:30 às 11:15 h Sub14 e Sub16 Masculinos 
11:15 às 13:00 h Sub14 e Sub16 Femininos

Clubes do Sul - Pavilhão do Galitos

15:30 às 17:15 h Sub14 e Sub16 Masculinos 
17:15 às 19:00 h Sub14 e Sub16 Femininos

Da ADS irão participar nesta ação, ao todo, 20 atletas distribuídos pelos escalões Sub14 e Sub16, masculinos e femininas.

Sub16 Masculinos: Afonso Santos, João Bessa, Pedro Teixeira, Rodolfo Pêra e Vítor Cabral

Sub16 Femininas: Ana Sofia Cavadas, Bruna Cruz, Cristiana Silva, Maria Leite e Marta Carvalho.

Sub14 Masculinos: António Bastos, Filipe Silva, Gonçalo Pinheiro, Gonçalo Silva e Miguel Ferreira.

Sub14 Femininas: Cátia Moreira, Eva Carregosa, Joana Costa, Maria João Almeida e Marta Morgado.

Sub16 A Masculinos: Precipitação e ansiedade prejudicaram desempenho

AD Sanjoanense, 35 - AD Ovarense, 44

Numa partida que opôs a equipa da AD Sanjoanense à formação da AD Ovarense, ambas já apuradas para disputarem a 2ª Fase do Campeonato Distrital de Aveiro e que se inicia no próximo mês de Novembro, houve muita precipitação e ansiedade, que não transmitiu serenidade aos jogadores para desenvolverem um jogo mais tranquilo e controlado.

Jogaram: Vítor Cabral, Tomas Santos, Afonso Santos, José Ferreira, Lucas Costa, Diogo leite, Rodolfo Pera, Sandro Duarte, João Bessa, Francisco Reis, Pedro Teixeira e Hassan.

Treinador Rufino Tavares

Seccionista José Ferreira

segunda-feira, 27 de Outubro de 2014

ADS consegue o pleno!


Terminaram este fim de semana as 1ª fases dos Campeonatos Distritais dos escalões de formação da AB Aveiro, desde os Sub14 aos Sub19.
As equipas da ADS que disputavam o apuramento para as próximas fases das respectivas competições conseguiram, todas elas, o seu objectivo.
Assim, sub14 masculinos e femininas, sub16 masculinos e femininas e sub18 masculinos irão disputar a 2ª Fase Distrital (Grupos Nacionais) no sentido de disputar o apuramento para as competições nacionais e respetivas fases finais distritais.

Sub18 Masculinos: ADS vence em Aveiro numa partida intensa

Campeonato Distrital Sub18 - 1ª Fase

CP Esgueira, 58 - AD Sanjoanense, 74


Certamente num dos jogos e contra uma das equipas mais “difíceis” deste campeonato, a Sanjoanense soube demonstrar em Aveiro, toda a sua intensidade de jogo e mostrar ao público presente o carácter e a personalidade da equipa. Estamos certos que a equipa ainda pode melhorar, já que tem um longo caminho a percorrer e um objetivo bem definido para a época que só agora teve o seu início. Oxalá o tempo nos continue a dar razão!

domingo, 26 de Outubro de 2014

Resultados do fim de semana

Séniores Masculinos:

AC Alfenense, 58 - AD Sanjoanense, 96

Sub18 Masculinos:

CP Esgueira, 58 - AD Sanjoanense, 74

Sub16 A Masculinos:

AD Sanjoanense, 35 - AD Ovarense, 44

Sub16 Femininas:

CP Esgueira, 69 - AD Sanjoanense/Súrya Café, 49

Sub16 B Masculinos:

AD Ovarense, 52 - AD Sanjoanense, 29

Sub14 B Masculinos:

Clube Galitos, 72 - AD Sanjoanense, 24

Sub8 Mistos: Sanjitos participam no 1º encontro da temporada


A nossa mais jovem equipa participou este Domingo no seu 1º encontro da temporada, que se realizou no pavilhão Municipal em Oliveira de Azeméis, juntamente com as equipas da UD Oliveirense e da AD Ovarense.
Para a maioria dos nossos sanjitos foi a sua estreia oficial pelo que a azáfama e a exitação eram evidentes e justificadas.
Houveram momentos divertidos, hilariantes e também de bons pormenores técnicos. Houve boa disposição, entrega e convívio que são sem dúvidas os ingredientes essenciais nestes convívios.
Os nossos pequeninos estiveram à altura do desafio pelo que estão todos de parabéns.

Jogaram e brilharam: o Martim, o Tiago Pedrosa, a Leonor, o Leonardo, o Rodrigo, a Maria, o Gabriel, o Duarte, o Rafael, o Tiago Silva e o Afonso Santos.

Treinador: Sílvio Rodrigues


Sub12 Mistos: Estreia oficial da equipa em competição


Deslocação ao pavilhão do GRIB, em Paços de Brandão, para participarmos no torneio com a presença das equipas da ADS, GRI Brandoense, UD Oliveirense e AD Ovarense. Participamos com 12 atletas (2 ausentes) sendo a equipa com maior número de atletas femininos. Sabíamos que iríamos encontrar equipas fisicamente mais fortes mas não nos deixamos intimidar, lutando com todas as nossas forças, disputamos todas as bolas e empenhamo-nos ao máximo.
No nosso jogo de estreia, frente à Oliveirense, entramos muito concentrados, com uma excelente atitude defensiva e com o ataque a funcionar no coletivo, vencemos por uns esclarecedores 44-10 ganhando todos os períodos.
O 2° jogo levou-nos a defrontar a equipa masculina do GRIB. Entramos iludidos com o que tínhamos feito no jogo anterior e relaxamos. Não fomos tão agressivos na defesa e no ataque alguma atividade individual sobrepôs-se ao coletivo. Tivemos um mau 2° período, perdendo por 10-2, e apesar de todos os esforços não conseguimos levar de vencida esta equipa, perdendo por 16-20 apesar de termos vencido 2 períodos.
No 3° e último jogo do dia tínhamos o jogo mais difícil deste torneio, frente à AD Ovarense. Atletas adversários mais altos e mais possantes criaram-nos muitas dificuldades na luta das tabelas. Foram jogos muito disputados, emotivos e com incerteza quanto ao resultado final. Melhoramos a nossa defesa, reativamos o jogo coletivo e não fossem cestos os fáceis falhados, o resultado final teria sido outro. Perdemos pela margem mínima (26-28) mas com uma excelente atitude deixada dentro do campo. Para compor o ramalhete, a nossa atleta Joana, ficou no 3° lugar no jogo do “Arruma”.

Atletas participantes: Tiago, Ari, Jorge, Elisabete, Rui, Noé, Gonçalo, Sofia, Daniela, Joana, Iris e Mimi.

Treinador: Miguel Ferreira
Seccionistas: Ana Luísa; António Plaza

Agradecimento especial a todos os que acompanharam a equipa.
Próximo jogo: 16 de Novembro na Arena Dulce Vital em Ovar

Sub16 Femininas: Falsa partida sentenciou o jogo

CP Esgueira, 69 - AD Sanjoanense, 49
Parciais: 25-7, 10-12, 17-15 e 17-15

Última partida da 1ª Fase Distrital, com a nossa equipa a defrontar o CP Esgueira líder da série. A partida ficou marcada pela "falsa partida" da nossa equipa que permitiu ao nosso adversário alcançar uma vantagem importante logo no 1º período.
No decorrer do resto da partida, o jogo pautou-se por um maior equilíbrio com a ADS a melhorar a sua prestação e a procurar até ao final reduzir a diferença no marcador, o que acabou por não se verificar.
As nossas atletas foram bravas e lutaram com dignidade até ao final pelo que o futuro só poderá ser risonho para elas.
Um agradecimento aos familiares e amigos que nos acompanharam e apoiaram nesta jornada. Um obrigado também ao Súrya Café pelos lanches gentilmente oferecidos às nossas atletas.

Jogaram pela ADS: Leonor Alhinho, Maria Leite, Mariana Gonçalves, Sara Sá, Cristiana Silva, Nicole Pinho, Marta Carvalho, Vera Pinho, Mariana Moreira, Daniela Oliveira, Beatriz Campos e Sofia Cavadas.

Treinador: Victor Carregosa
Seccionistas: Filipe Carregosa e Cristina Sá
Estatística: Elsa Pinho

Séniores Masculinos: Duas vitórias importantes


Esta semana foi especial, pois tivemos 2 jogos.
Na 4ª feira recebemos a equipa da Académica de Coimbra para a 2ª eliminatória da Taça de Portugal e ganhamos 88-68. O jogo era de grande interesse para a nossa equipa, visto que temos como objectivo chegar o mais longe possível nesta competição. Início de jogo muito bom por parte dos nossos atletas, com grande intensidade e empenho, chegando ao intervalo a ganhar por 20 pontos. A 2ª parte já não foi tão interessante porque com uma vantagem confortável gerimos o jogo tendo em vista o jogo do fim de semana para o Campeonato. Com esta vitória a nossa equipa apurou-se para os 1/16 final da competição.

No sábado fomos jogar a Alfena contra a equipa local, jogo este a contar para a 1ª jornada do Campeonato Nacional da 1ª Divisão. O jogo não teve grande história devido à diferença de qualidade entre as duas equipas como dita o resultado final, 58-96.

Atletas: Luís, Miguel, Hélder, Remy, Sílvio, , Augusto, Simão, Samuco, Azevedo, Sing, Marco, Tiago e Daniel.

Treinador: Gabriel Valente
Treinador-adjunto: Miguel Ferreira
Director: Carlos Borges
Seccionista: Raul Almeida

Sub16 B Masculinos: Tarde de pouco acerto ofensivo ditou derrota pesada

AD Ovarense, 52 - AD Sanjoanense, 29
Parciais: 12-7; 9-8; 16-7 e 15-7

Terceira e última jornada da 1ª fase termina com derrota pesada na descolação ao terreno da Ovarense. 

Uma 2ª parte muito pálida da nossa equipa deitou tudo a perder depois de uma 1ª parte muito interessante, com grande equilibrio no marcador e na qual demonstrámos uma  forte capacidade defensiva. 

Jogaram pela ADS: João, Afonso, Henrique, Alex, André, Pedro, Zé Eduardo, Sérgio, Bruno, Diogo e Tiago.

Treinador: Nuno Cunha

Seccionista: Rui Moreira

quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

Entrevista a Hélder Santiago, jogador e capitão da equipa sénior da ADS


Nome: Helder Filipe Ferreira Santiago

Data nascimento: 18/06/1989

Clube(s) por onde passaste?

AD Sanjoanense e Benfica

Há quantos anos estás ligado à modalidade?

Jogo basquetebol desde os meus 7 anos, ou seja, há 18 anos.

Quais são os objectivos da tua equipa para esta temporada?

Os nossos objetivos são os mesmos do ano passado. Ao nível do campeonato tencionamos atingir o objetivo máximo, que é a subida de divisão. Já ao nível da Taça de Portugal é tentarmos eliminar qualquer equipa do nosso escalão e depois chegar o mais longe possível assim que recebermos equipas do escalão superior ao nosso. 

Qual é o teu clube de formação?

O meu clube de formação é a Sanjoanense.

O que te faz mais feliz dentro do campo?

Na minha opinião não há nada melhor do que a vitória. É óbvio que há certos momentos dos jogos, tal como quando marcamos um cesto ou quando um colega de equipa nos agradece uma assistência, mas nada disso adianta se no final do jogo tivermos menos pontos que o nosso adversário.

Treinador(a) que mais te marcou? E por alguma razão especial? 

Não conseguiria nomear apenas um, até porque sempre tive uma boa relação com todos eles e de certa forma todos me marcaram um bocado. No entanto quando me fazem esta questão costumo destacar 2.
Primeiramente o Rufino Tavares, meu treinador de formação, que apesar da exigência e rigor máximo que pretendia de cada um de nós, era, ao mesmo tempo, uma pessoa que transmitia um apreço especial por todos os seus atletas. Na minha opinião, esse apreço que ele demonstrava foi uma importante chave para o sucesso da nossa equipa na altura, pois todos nós éramos capazes de dar sempre 110% de nós em qualquer jogo.

Depois veio o Prof. Augusto Araújo que para além de meu treinador de formação e da equipa sénior, foi também meu treinador no Centro de Alto Rendimento Paulo Pinto durante 2 anos. O Prof. Araújo foi a pessoa que me mostrou que o basquetebol tinha algo mais para além de uma actividade extra curricular que eu fazia para me divertir com os meus amigos, e provavelmente se não fosse isso nesta altura já não jogava basquetebol sequer.

Um jogo inesquecível? E o Pior momento?

Como já é de esperar o jogo inesquecível será sempre o jogo da final no ano passado contra o Vasco da Gama em que perdemos com um triplo do meio campo no último segundo. Mas dizer que foi o pior momento é capaz de ser um pouco forte, porque todos estes momentos servem para tirarmos algumas lições, não só basquetebolisticas mas também de vida, portanto prefiro chamar-lhe de “Momento menos bom”.
Para além desse, tenho na memória uma vitória extremamente difícil contra o Vitória de Guimarães para o Campeonato Nacional em que marquei 40 pontos.


Qual o teu ídolo no Basquetebol?

Nunca tive assim um jogador que idolatrasse mesmo. Sempre apreciei vários como o Steve Nash, Jason Williams, Tracy McGrady e Kobe Bryant. No entanto, nos escalões de formação, inspirava-me frequentemente antes dos jogos com vídeos do Tracy Mcgrady.

Teu objectivo/sonho enquanto jogador(a)?

Sinceramente a nível basquetebolistico não sonho muito alto como fazia em criança. Dada a minha vida pessoal e profissional, juntamente com o estado do basquetebol Português, esta será mesmo a divisão ideal para eu jogar. Mas tenho o sonho e objetivo de poder ser o campeão nacional desta divisão obviamente.
Também desde a formação tinha objetivo um dia poder ser o capitão de equipa da nossa equipa sénior, o que já se concretizou no ano passado e este ano.

Relata uma situação caricata que tenha acontecido em campo.

No último jogo da minha final 4 distrital de sub-18 em Ovar, tínhamos 2 vitórias nos jogos anteriores e íamos defrontar a Ovarense na final, que já tinha perdido um. Então, para sermos campeões tínhamos de ganhar ou perder por menos de 5. Nos últimos segundos do jogo estávamos a perder por exatamente 4 pontos e a ovarense tinha a posse de bola. Estávamos prontos para dar tudo naquele que era o último ataque do jogo e que iria definir o campeão distrital. O que aconteceu foi que a equipa da Ovarense decidiu não atacar e reter a bola. Ficamos especados a olhar até que a campainha toca e começa o pavilhão inteiro (Sanjoanense + Ovarense) a festejar “Campeões”. Ao ver a situação de ambas as equipas a reclamar o título de campeão, a federação, que também não estava bem preparada para que isto acontecesse, foi ver os regulamentos e efetuar os devidos cálculos e no final atribuiu-nos o título a nós.

Qual o pavilhão em que mais gostas/gostaste de jogar?

Não há nada melhor do que jogar no nosso pavilhão com os nossos adeptos a apoiar. No entanto, posso também destacar o pavilhão da Luz, pela sua grandeza e das suas excelentes condições.

Quais as tuas maiores qualidades enquanto pessoa e jogador(a)? E defeitos?


Falar de nós próprios é sempre complicado, mas a nível de qualidades pessoais considero-me uma pessoa responsável, dedicada, ambiciosa e bastante amiga dos meus amigos.
A nível de qualidades como jogador, acho que tenho uma razoável leitura de jogo, tenho um bom lançamento, dou sempre tudo o que tenho em campo e odeio perder. Como capitão de equipa procuro sempre apelar à união de grupo dentro e fora do balneário, e sou particularmente exigente com os rookies da equipa, mas sendo também o primeiro a dar palmadas nas costas quando assim merecem.
Relativamente a defeitos, sou uma pessoa um pouco teimosa, que tenta levar sempre a sua ideia até ao final, e muitas vezes inseguro relativo a mim mesmo. 


Um agradecimento ao Hélder pela simpatia e disponibilidade para nos conceder esta entrevista. Para ele os votos duma excelente temporada.


Séniores Masculinos: ADS segue em frente na Taça

Taça de Portugal - 2ª Eliminatória

AD Sanjoanense, 88 - Académica Coimbra, 68

segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

Sub16 B Masculinos: Vitória sofrida perante adversário acessível

ACR Vale de Cambra, 40 – AD Sanjoanense, 50

Vitória justa com exibição pouco conseguida dos nossos rapazes. Podíamos e devíamos ter feito melhor. Continuamos a demonstrar alguns maus "vícios" que temos de eliminar. 

Jogaram pela ADS: Afonso, André, Bruno, Miguel, Sérgio, Henrique, João, Gonçalo e Zé Eduardo. 

Treinador: Nuno Cunha

Seccionista: Rui Pereira